Bolsonaro volta à Câmara sob forte esquema de segurança após eleição

O presidente eleito Jair Bolsonaro voltou nesta terça-feira (06) ao Congresso Nacional, sob forte esquema de segurança, para acompanhar sessão solene dos 30 anos da Constituição na Câmara dos Deputados, retornando à Casa pela primeira vez após ter vencido a disputa pelo Palácio do Planalto.

Bolsonaro, que ainda cumpre seu sétimo mandato como deputado federal, desembarcou na base área da capital federal pela manhã em voo que partiu mais cedo do Rio de Janeiro e seguiu direto para o Congresso, onde tem seu primeiro compromisso de uma agenda de dois dias em Brasília.

“Estou muito feliz”, limitou-se a dizer ao ser questionado por repórteres sobre a volta ao Congresso após a eleição presidencial.

Sob alegação de medida de segurança, o acesso ao plenário da Câmara ficaria excepcionalmente restrito a autoridades, parlamentares e servidores autorizados na solenidade em homenagem à Constituição, mas a medida foi revertida nesta manhã e a presença de jornalistas credenciados foi liberada.

Bolsonaro ainda não havia saído do Rio de Janeiro desde que voltou para casa em 29 de setembro, após passar 23 dias internado em consequência de um atentado a faca sofrido durante um ato de campanha na cidade mineira de Juiz de Fora.

Após o evento no Congresso, o presidente eleito tem almoço marcado com o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, e também visitará os comandantes da Marinhas e do Exército mais tarde nesta terça-feira.

Na quarta-feira (07), Bolsonaro visitará o comandante da Aeronáutica e terá encontros no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STF), além de uma reunião no Centro Cultural Banco do Brasil, onde trabalha a equipe de transição.

O presidente eleito também terá um encontro com o presidente Michel Temer no Palácio do Planalto para um ato simbólico do início do governo de transição.

(Créditos: Reuters)