Corinthians vira sobre o Fortaleza e se aproxima do G-4

Depois de um primeiro tempo de fraco desempenho neste domingo (28), o Corinthians foi outro na segunda etapa. Contando com mais uma bela atuação de Pedrinho, o time de Fábio Carille derrotou o Fortaleza, de virada, por 3 a 1, no Castelão, em duelo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Osvaldo, com desvio de Manoel, abriu o placar para o time casa. Mas Boselli, Pedrinho e Danilo Avelar, com um golaço, decretaram o triunfo alvinegro.

O Corinthians chega aos 19 pontos na tabela, ocupando a oitava posição. A equipe de Fábio Carille ainda tem um jogo a menos. Este compromisso será contra o Goiás. O Atlético-MG, último time integrante do G-4, soma 21 pontos. Derrotado neste domingo, o Fortaleza permanece com 14 pontos, na 14ª colocação. A equipe de Ceni vinha de três jogos sem perder.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Corinthians fará clássico contra o Palmeiras, domingo, em Itaquera. Antes, na quinta, o time paulista joga no Uruguai, pela Copa Sul-Americana, contra o Montevideu Wanderers. Na ida, o Corinthians triunfou por 2 a 0. Já o Fortaleza encara o rival Ceará, sábado, no Castelão.

O jogo

O Corinthians foi quem assustou a defesa adversária pela primeira vez. Logo aos dois minutos de jogo, Mateus Vital cruzou na área em cobrança de falta, encontrando Boselli, que cabeceou no cantinho, mas mandou para fora. No minuto seguinte, o Fortaleza respondeu à altura chegando pela direita com Gabriel Dias, que deu passe rasteiro cruzando a área e obrigou Cássio a desviar para interceptar a ação.

O equilibrado duelo seguiu movimentado e, aos 16 minutos, por pouco o Corinthians não abriu o placar. Boselli recebeu cruzamento de Michel Macedo, mas não conseguiu dominar e ajeitou para Mateus Vital, que bateu de primeira, de fora da área, mandando rente à trave esquerda do goleiro adversário.

O Fortaleza, por sua vez, ficou com o grito de gol entalado na garganta aos 19, quando Roger Carvalho subiu mais alto que todo mundo após cobrança de escanteio, cabeceou em direção ao chão, mas a bola quicou e passou por cima da meta de Cássio.

Na reta final do primeiro tempo, o Fortaleza subiu de produção e teve um domínio maior da partida. Aos 36 minutos, Carlinhos cruzou para Wellington Paulista, que cabeceou no cantinho e viu Cássio se esticar todo para fazer a defesa. Mas, três minutos depois, o goleiro corintiano nada pôde fazer depois de Osvaldo completar de cabeça o cruzamento de Romarinho, contar com o desvio de Manoel e ver a bola morrer no fundo da rede, abrindo o placar para o time cearense no Castelão.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para a etapa complementar mais ligado e agressivo. Sem deixar o Fortaleza manter a posse de bola, a equipe comandada pelo técnico Fábio Carille explorou bastante o lado esquerdo do ataque, onde Everaldo era a principal alternativa para tentar chegar ao empate. A conclusão dos lances, porém, não vinha sendo boa. Somente após os 15 minutos o Corinthians voltou a apostar no lado direito para agredir os donos da casa por conta da entrada de Fagner no lugar de Michel Macedo.

E foi justamente pelo lado direito que o Corinthians, depois de tanto insistir, deixou tudo igual no marcador. Aos 22 minutos, Pedrinho saiu da lateral em direção ao meio e cruzou na medida para Boselli, que, no meio de dois zagueiros, cabeceou no cantinho, carimbando a trave, e, no rebote, completou para o fundo da rede.

O empate do Corinthians só fez com que a equipe criasse mais confiança para seguir em cima do Fortaleza e tentar a virada. E a equipe alvinegra não precisou de muito tempo para atingir seu objetivo seguinte. Três minutos depois de Boselli balançar a rede foi a vez de Pedrinho ser decisivo ao ficar mano a mano com Roger Carvalho, jogar na frente e bater cruzado, no cantinho de Felipe Alves, que se esticou todo, mas não conseguiu evitar o segundo gol.

Como se não bastasse, ainda deu tempo de Danilo Avelar experimentar de longa distância, pegar em cheio na bola e mandar no ângulo de Felipe Alves, que “voou” para fazer a defesa, mas não conseguiu alcançar o lindo arremate do lateral-esquerdo, que encerrou os trabalhos na capital cearense.

(Créditos: ESPN)