Lula deixa a prisão na PF em Curitiba após 580 dias preso

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a sala da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba na tarde desta sexta-feira (08) onde estava preso há 580 dias, desde abril de 2018.

Lula deixou a sede da PF a pé pelo portão principal e foi abraçado por diversos apoiadores como o ex-senador do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias, o deputado federal Wadih Damous e a deputada federal do Paraná e presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

A decisão coube ao juiz Danilo Pereira Jr. que substitui a juíza Carolina Lebbos, na 12ª Vara Federal em Curitiba. A juíza que está em férias é a responsável pela execução da pena de Lula após Sérgio Moro deixar a magistratura para virar Ministro da Justiça.

Lula foi beneficiado pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que voltou atrás e proibiu a prisão após condenação em segunda instância.

O ex-presidente é esperado em ato no Sindicato dos Metalúrgicos do Grande ABC em São Bernardo do Campo amanhã (09).