Palmeiras empata com o Vasco em casa e chega ao 5º jogo sem vencer

O Palmeiras segue com seu momento de instabilidade na temporada. Neste sábado (27), jogando para manter a liderança do Campeonato Brasileiro contra o Vasco, no Allianz Parque, a equipe alviverde ficou apenas no empate pelo placar de 1 a 1, chegou ao seu quinto jogo sem vitória na temporada e pode perder a liderança da competição para o Santos, que ainda vai jogar na rodada.

Desde a volta da Copa América, o Palmeiras está sofrendo na temporada. Já são cinco jogos sem vitória em sequência. O time comandado por Felipão só conseguiu vencer o Internacional pela partida de ida da Copa do Brasil. Depois, empate com São Paulo, derrota para Inter (volta da Copa do Brasil) e Ceará, empate com o Godoy Cruz pela Copa Libertadores e agora empate com o Vasco.

E o jogo de hoje marcou um encontro especial no banco de reservas: Vanderlei Luxemburgo e Luiz Felipe Scolari. Os dois símbolos de trabalhos bem-sucedidos no futebol brasileiro se reencontraram em momentos diferentes da carreira: Luxa tentando reencontrar seus melhores dias e Felipão vindo de uma conquista no ano passado com o Palmeiras. Esse foi o 30º encontro entre os dois. O retrospecto? Larga vantagem para Felipão, com 11 vitórias, 13 empates e apenas 6 derrotas.

E antes de a bola rolar a administradora do estádio informou que uma parte do gramado tinha sido atacada por fungos. O espaço, que ocupava cerca de 25% do gramado, ficou prejudicado, mas nada que atrapalhasse o andamento do jogo.

E o ritmo dentro de campo foi frenético desde o início. Logo com dois minutos, Valdivia cobrou escanteio na medida para Marrony. Ele ganhou na segunda trave de Thiago Santos e cabeceou para o gol. Vasco na frente. O Palmeiras foi para cima e teve duas boas chances de empatar na sequência. Mas aos 13 minutos não teve como. Pênalti para o time da casa. O árbitro, após consultar o VAR, assinalou mão na bola de Leandro Castán dentro da área. Gustavo Scarpa bateu forte e no alto para empatar.

A segunda etapa foi bem truncada. O Palmeiras tentava criar oportunidades, mas faltava intensidade e precisão para concluir em gol.

As melhores chances vieram já no final do jogo. Hyoran recebeu livre, invadiu a área, mas chutou muito mal. Já o Vasco teve uma chance de ouro com Marcos Junior, que mergulhou de cabeça após uma bola dividida e acertou o travessão.

(Créditos: ESPN)