Palmeiras vende Leandro Pereira e fica com R$ 10 milhões

O atacante Leandro Pereira está de malas prontas para defender o Brugge, da Bélgica, pelas próximas três temporadas. O clube europeu vai desembolsar R$ 14,5 milhões pelo jogador. Os 50% dos direitos econômicos que pertenciam ao Palmeiras foram negociados por R$ 10,5 milhões. Os R$ 4 milhões restantes vão para os investidores que possuíam a outra metade dos direitos – o percentual vendido pelos empresários não foi divulgado. O Verdão ainda ficará com 20% do valor de uma venda futura.

Destaque da Chapecoense no Brasileirão em 2014, Leandro chegou ao Palestra Itália no início deste ano. Na ocasião, o Palmeiras venceu a concorrência do Corinthians e pagou R$ 5 milhões pelos 50% dos direitos – os outros 50% ficaram com investidores.

O contrato do atleta com o Palmeiras se encerraria no fim de 2019. Ele marcou 10 gols em 30 jogos pelo Alviverde e chegou a se destacar no início da passagem de Marcelo Oliveira, mas perdeu espaço para Barrios e Alecsandro. Além dos dois, o argentino Cristaldo disputa a vaga de centroavante.

Os empresários de Leandro Pereira correm para finalizar a negociação até segunda-feira, quando fecha a janela para transferências europeias. Este é o terceiro dos 25 reforços contratados para este ano a deixar o clube: antes, Ryder foi para o Carpi (ITA) e Alan Patrick para o Flamengo.