Passagens de trem e Metrô de São Paulo aumenta para R$ 4,30

O Governo do Estado de São Paulo publicou nesta quinta-feira (03) o reajuste nos preços das passagens de trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Metrô. O aumento será de 7,5% a partir do dia 13 de janeiro.

Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM), a tarifa básica do transporte público por trens e Metrô passará de R$ 4 para R$ 4,30.

A integração, entre trilhos e ônibus, vai de R$ 6,96 para R$ 7,48.

Quanto ao aumento, a secretaria informou que ele é baseado na inflação acumulada em 2018, de acordo com o IGP-M, e que reflete também o incremento dos custos operacionais e de recursos humanos das empresas.

As gratuidades para idosos, estudantes, portadores de necessidades especiais e desempregados vão ser mantidas.

Quem carregar o bilhete mensal ou 24 horas até o dia 12 de janeiro poderá viajar com o valor da tarifa antiga, enquanto o crédito do bilhete não se esgotar.

O Bilhete Mensal para trens passa de R$ 194,30 para R$ 208,90 (comum, válido somente para trilhos) e de R$ 307 para R$ 323,80 (integrado, usado com trilhos + ônibus).

Já o Bilhete 24 horas passou de R$ 15,30 para R$ 16,40 (comum) e de R$ 20,50 para R$ 21,60 (integrado).

Ônibus

Na capital paulista, os trens e o Metrô são responsabilidade do governo estadual e os ônibus, da prefeitura.

Em dezembro, a Secretaria Municipal de Transportes também anunciou aumento na tarifa básica dos ônibus a partir do dia 7 de janeiro. A tarifa passará de R$ 4 para R$ 4,30.

(Créditos: EBC)