Taboão da Serra vive um calvário e namora com a eliminação na Copa Paulista

Nesta quarta feira (29), o Canindé, sediou o jogo entre a Portuguesa e o Taboão da Serra, partida antecipada da nona rodada da Copa Paulista. O CATS, estava em situação difícil, segurava e lanterna do Grupo 4 e só vencendo, não complicaria a suas pretensões na competição,

O jogo:

Logo que o jogo começou, a Lusa partiu para o ataque, empurrando o time visitante para seu campo de defesa. O Taboão se fechava na zaga e tentava contra atacar e se utilizar das bolas paradas.

Não demorou, e o time da casa alcançou o seu intento, aos 6 minutos, cobrando um escanteio, Franklin, cruzou na primeira trave, houve um desvio para o meio da área, e o centro avante camisa 9, Matheus, de barriga marcou; Lusa 1 x 0 Cão Pastor.

O Tricolor, partiu atrás da igualdade; aos 14 minutos, Diego Souza, mandou por cima; aos 19 minutos, Patrick. bateu e a bola passou perto do poste direito de Leandro e aos 23 minutos, Robinho, chutou de perna direita e Leandro Fez boa defesa.

A Portuguesa também criava, aos 30 minutos, Raul, foi ao fundo e cruzou, a zaga deu rebote, Matheus emendou, a bola resvalou na zaga e foi a escanteio, Franklin tentou o gol olímpico e Gobetti, de mão trocada cedeu novo escanteio.

Aos 35, outra escapada do ataque lusitano, Luizinho, em velocidade pela direita, cruzou rasante, Cesinha, tentou bater de frente pro gol, porém a bola saiu sem direção; e a primeira etapa terminou; Portuguesa 1 x 0 Taboão da Serra.

A Lusa voltou pro segundo tempo, tentando liquidar a fatura. aos 5 minutos, num rebote da zaga, Luzinho, chutou forte, a bola explodiu no pé do poste esquerdo e foi pra fora.

Aos 7 minutos, Matheus armou o ataque pela direita e pôs Cesinha livre de marcação, de frente com o goleiro, mas ele debaixo do travessão, chutou por cima e perdeu o gol mais feito do jogo. Os donos da casa davam as cartas em campo, mas pecavam na hora do arremate.

O Tricolor chegou perto, aos 24 minutos, Diego Souza escapou no contra ataque, chutou com perigo e Leandro, espalmou com os olhos. Outra boa trama do ataque Serrano, Patrick, invadiu a área, e na hora de finalizar, foi derrubado por Wellington, pênalti para o Tricolor.


Diego Souza, assumiu a cobrança, ele partiu deu uma paradinha; Leandro caiu no canto esquerdo, mas a bola explodiu na trave direita e o Taboão não empatou.

A Lusa ainda teve mais uma chance de ampliar, no finalzinho, em cobrança de falta, Fernandinho, bateu e a bola foi por cima do gol com perigo, Final da partida Associação Portuguesa de Desportos 1 x 0 C. A. Taboão da Serra.

Encerrada a partida antecipada da nona rodada, da Copa Paulista;  o Cão Pastor se vê cada vez mais ameaçado pela eliminação, está na lanterna do Grupo 4, com 1 ponto ganho. O Audax lidera, com 13; seguido de Nacional e Portuguesa, com 12 e Ituano com 10 pontos.  

O Próximo compromisso:

Sábado, (1), às 15:00 h, o Taboão da Serra recebe o Audax, no  Vereador José Feres,  pela oitava rodada da Copa Paulista