As cores das roupas: agindo nas emoções!

O uso de cores específicas como meio de melhorar a saúde física e mental, pode não parecer evidente à primeira vista, mas continua a ser um fator importante de equilíbrio.

De um modo geral, as cores de nossas roupas, agem mais sobre nossas emoções do que sobre nossa saúde física. Isso se deve ao fato de que a cor refratada pelas roupas é de uma intensidade nitidamente inferior à luz do sol ou à de uma lâmpada de cromoterapia.

  1. As cores vivas e quentes deveriam ser usadas durante o inverno;
  2. As cores berrantes que os extrovertidos preferem, deveriam ser as roupas dos melancólicos e dos linfáticos, para harmonizar o temperamento.

-Roupa vermelha – Aconselhado para pessoas com pouca vitalidade, porém sadias. Desperta a atenção para quem quer ser visto, porém deve ser usada em períodos curto, como em competições esportivas; serve para estimular a combatividade em todos os planos.

-Roupa Amarela – Transmite alegria e atrai a atenção, o que permite um destaque entre as demais pessoas. Causa uma sensação de estar radiante, jovial, alegre, porém não passa segurança, firmeza e nem estabilidade. Prova intelectual e afetiva (cor que contagia os usuários e os outros).

-Roupa Laranja – Provoca descontração no corpo; causa serenidade no pensar, aumenta o tônus sexual, faz o usuário sentir-se bem e otimista quando usada em períodos de transição. Portanto devem usá-las pessoas com depressão, por ser uma cor antidepressiva. Para quem precisar manter a autoridade, não é adequado.

-Roupa Verde ou Cinza – O verde permite uma condição interna de um julgamento claro, dando uma estrutura de equilíbrio para o julgamento. Usar em períodos de grandes perturbações emocionais ou mentais.

São recomendadas para pessoas hiperativas, pois permitem que este estado permaneça mais tempo sem causar estresse. Por ser uma cor que atrai bens materiais e oportunidades, deve ser usada quando se procura emprego; é a cor da prosperidade.

-Roupa Azul ou Violeta – O azul proporciona um bom apoio para as pessoas que são facilmente envolvidas, aparência jovem e arrojada, não dominante; é calmante das tensões nervosas. Deveria ser usada em ocasiões sociais; serve para encontrar calma, paz e abrir-se aos outros. Mas cuidado: o uso constante do azul provoca cansaço e indigestão crônica.

O violeta já proporciona envolvimento de paz e amor, sem ansiedade; aumenta a sexualidade, estimula o interesse sem preocupação, autoridade; bom para preces e concentração; é contraindicado para depressão.

-Roupa Branca – permite que os outros o vejam tal como é: como se você fosse transparente.

A roupa preta, faz com que as pessoas sintam-se protegidas no seu mundinho, além e um bloqueador de energias negativas. As pessoas costumam se sentir elegantes e bonitas com o preto.

-Roupas Coloridas: Favorecem a alegria e o bom humor.

Sobre Elaine Marini 29 Artigos
Psicóloga graduada em Psicologia desde 1986, Especialista em Psicologia Clínica e Manejo Psicológico na cirurgia bariátrica; pós graduada em Psicologia Transpessoal, Psicologia Hospitalar e Gestão Escolar. Escritora com 4 livros editados na área de Psicologia. Atualmente Chefe do setor de Psicologia hospitalar no Hospital Cruz Azul em São Paulo.