Com show de Gabriel Jesus, Palmeiras avança na Copa do Brasil

No dia em que completou 101 anos, o Palmeiras teve festa garantida por sua joia das categorias da base. Gabriel Jesus deu assistência, cavou expulsão e fez dois gols na vitória por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Mineirão, que garantiu o time nas quartas de final da Copa do Brasil e eliminou o Cruzeiro.

Se antes da partida contra o Palmeiras, a pressão da torcida celeste já era grande, ela promete ser ainda maior nos próximos dias. A equipe teve atuação apática no primeiro tempo, quando chegou a estar perdendo por 3 a 0 durante o show do camisa 33 do Verdão.

Precisando de uma vitória simples para se classificar, o Cruzeiro sofreu o primeiro gol, marcado por Lucas Barrios, logo no início da partida. A situação piorou após a expulsão de Bruno Rodrigo e dois gols marcados por Gabriel Jesus ainda na etapa inicial. Vinícius Araújo ainda descontou para a Raposa.

No segundo tempo, o Cruzeiro ainda diminuiu com Alisson, de pênalti. Ao final de jogo, muitas vaias para o time cruzeirense e muitas dúvidas quanto ao futuro do técnico Vanderlei Luxemburgo, muito criticado pela torcida cruzeirense.

O jogo – Mesmo com a vantagem do empate, o Palmeiras foi quem criou a primeira chance da partida. Aos três minutos, Dudu chutou de fora da área, e Fábio fez boa defesa.

Melhor em campo, o Palmeiras abriu o placar com oito minutos. Dudu tocou para Gabriel Jesus que tocou de calcanhar para Barrios balançar as redes. Primeiro gol do argentino com a camisa alviverde.
Com 18 minutos, falta perigosa para o Cruzeiro. Fabrício encheu o pé, e Fernando Prass, no reflexo, fez excelente defesa. Quatro minutos depois, o camisa 6 colocou Leandro Damião na cara do gol, e o goleiro do Palmeiras impediu mais uma vez o gol do Cruzeiro.

No lance seguinte, o time paulista deu o troco. João Pedro invadiu a área e rolou para Barrios finalizar, mas Fábio fez a defesa, salvando a Raposa. Com 24 minutos, o zagueiro cruzeirense Bruno Rodrigo cometeu falta após falha de Ceará e como era o último homem, o defensor foi expulso. Na cobrança, Egídio mandou a bola no travessão.

Três minutos depois, o segundo do Palmeiras. Gabriel Jesus lançou o lateral Egídio que devolveu para o jovem atacante completar de primeira para o gol. Belo gol da equipe paulista.

Virou passeio aos 33 minutos. Dudu lançou Gabriel Jesus que ganhou de Paulo André na corrida e ficou cara a cara com Fábio. Com muita calma e categoria, o atacante deixou Fábio no chão e fez um golaço.
Quase saiu o quarto aos 37 minutos. O Palmeiras chegou mais uma vez com tranquilidade na área cruzeirense, e Barrios finaliza para a defesa de Fábio. O goleiro ficou no chão, mas se recuperou rapidamente para fazer a defesa também no rebote.

O Cruzeiro diminuiu um minuto depois. Leandro Damião tocou por elevação para Vinícius Araújo que matou no peito e arrematou. Fernando Prass fez a defesa, mas, no rebote, o atacante conferiu.
Com um jogador a mais, o Palmeiras diminuiu o ritmo no segundo tempo. Tranquilo em campo, o time paulista quase marcou o quarto, aos 18 minutos, com Barrios que pegou a sobra dentro da área, mas chutou por cima.

Aos 28 minutos, Arrascaeta sofreu falta dentro da área. Pênalti. Alisson bateu bem e marcou segundo gol do Cruzeiro na partida.

Seis minutos depois, Leandro Pereira dominou na área e finalizou rasteiro. Fábio, bem posicionado, fez a defesa. Aos 43 minutos, o centroavante recebeu cruzamento na área e, de carrinho, mandou por cima. Charles, nos acréscimos, aproveitou corte errado da defesa palmeiras e finalizou para fora.

(Créditos: Gazeta Esportiva)