Começam as inscrições para o curso Educando para a Transparência 2020

Quando se profissionaliza os processos de gestão das Organizações da Sociedade Civil suas causas são potencializadas, o que significa mais beneficiários atendidos e com mais qualidade. De acordo com o levantamento da FONIF, a cada R$ 1,00 investido em instituições filantrópicas em áreas da Saúde, Educação e Assistência Social, retornam em média R$7,39 em benefícios diretos à sociedade. Diante deste cenário, a ONG Parceiros Voluntários, com o apoio do Instituto Credit Suisse Hedging-Griffo, promoverá a segunda edição do Curso Educando para a Transparência 2020 na cidade de São Paulo. As inscrições se iniciaram nesta segunda-feira (03).

O curso foi desenvolvido em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e outras instituições de âmbito nacional no ano de 2008. Desde então, a capacitação já qualificou mais de 300 Lideranças Sociais proporcionando aos participantes uma visão estratégica, o entendimento em aspectos legais e técnicos da Prestação de Contas e Transparência e o fortalecimento, sustentabilidade e cumprimento efetivo da missão da organização.

A presidente do Projeto Âncora, Ana Letícia da Silva Maciel, aluna da primeira edição do curso em São Paulo, explica que a participação na capacitação foi um marco para a profissionalização da organização. “Mudou tudo na gestão do projeto, nosso entendimento sobre a legislação, sobre onde podemos melhorar, sobre fontes de recursos. O Educando para a Transparência trouxe todo o conteúdo em profundidade”, relata a Ana Letícia.

Para Luciana dos Santos Bernardo, diretora executiva da Associação Viva e Deixe Viver, todo o conhecimento compartilhado no curso, está sendo implementado na Instituição e gerando grandes resultados. “Estamos esperançosos para o próximo ano para a gente começar a colher os frutos deste aprendizado. Adorei os contatos, o time coeso, a participação de todos, as indicações de ótimos fornecedores que já estamos em contato inclusive. E em nome do Viva agradecer por tudo!”, acentua a representante do Viva.

As inscrições estão abertas até o dia 6 de março para gestores de Organizações da Sociedade Civil que tenham sede na região metropolitana do município de São Paulo. Serão selecionadas 20 Organizações que terão disponíveis até duas vagas para seus líderes sociais participarem de forma integral do projeto. Está previsto um itinerário de 80 horas de capacitação presencial, 20 horas de atividades semipresenciais e 30 horas de consultorias (coletivas e individuais).

O curso gratuito terá aulas ministradas por consultores especializados no Terceiro Setor, da ONG Parceiros Voluntários, reconhecidos nacionalmente pelos seus conhecimentos. Serão emitidos certificados ao final do projeto para as organizações que atenderem os critérios de participação estabelecidos no Edital.

Para administradora e psicóloga do Instituto Adoptare, Mara Regina Siqueira Neves de Souza, a integração entre os professores e participantes foi fundamental para o desenvolvimento pessoal e coletivo da turma da primeira edição. “O curso foi muito importante, porque podemos aprender que a transparência e a ética caminham juntas. Com elas podemos conseguir ótimos parceiros e uma excelente gestão de negócios. Foi muito importante também as consultorias coletivas com meus colegas e as aulas dos professores, pois podemos compartilhar conhecimentos. E isso nos trouxe saberes diferentes dentro do Terceiro Setor”, celebra Mara Regina.

Para maiores informações sobre calendário de atividades, temas dos módulos e inscrições, acessem o edital do projeto pelo link: clique aqui. Caso haja alguma dúvida entre em contato pelo telefone (11) 99238-6568 ou no e-mail: falapvsp@parceirosvoluntarios.org.br. Sobre a Parceiros Voluntários: A ONG Parceiros Voluntários possui 23 anos de história e tem como propósito a transformação da sociedade através da Responsabilidade Social Individual. Atua como uma organização de assessoramento, segundo a tipificação do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). Está presente com seus projetos em todo o Brasil, beneficiando mais de 8 milhões de pessoas, através de uma grande rede colaborativa formada por 2.800 empresas, 2.700 escolas e mais de 600 mil voluntários que disponibilizaram seu tempo e conhecimento em benefício de 2.500 Organizações da Sociedade Civil.