Palmeiras vence Cruzeiro no Pacaembu e vira líder

O Palmeiras assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro na manhã deste domingo. Após a vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro no Estádio do Pacaembu, o time alviverde viu o São Paulo tropeçar no Botafogo e manteve a primeira colocação do torneio nacional.

Palmeiras e Internacional têm os mesmos 53 pontos ganhos, mas o time alviverde leva vantagem no saldo de gols (23 a 18) e deixa o adversário gaúcho na segunda posição. O São Paulo, com um ponto a menos, cai para o terceiro lugar. O Cruzeiro, por sua vez, permanece com 37 pontos e figura no sétimo posto.

Após o compromisso pelo Campeonato Brasileiro, os dois clubes jogam pelas quartas de final da Copa Libertadores. Às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no Allianz Parque, o Palmeiras encara o Colo-Colo. No mesmo horário de quinta, o Cruzeiro pega o Boca Juniors, no Mineirão.

O Jogo – Depois de tomar um susto em cabeçada de Raniel logo no começo da partida, o Palmeiras passou a ditar o ritmo e saiu na frente aos 22 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio de Dudu pela direita, a bola sobrou para chute de Lucas Lima. A bola desviou em Ariel Cabral e enganou o goleiro Rafael.

O Cruzeiro igualou o marcador oito minutos depois. O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva viu Gustavo Gomez tocar a bola com a mão, mas o paraguaio estava claramente fora da área. Na cobrança do pênalti marcado equivocadamente, Mancuello balançou as redes de Fernando Prass.

O time alviverde conseguiu retomar a vantagem no placar quatro minutos antes do fim do primeiro tempo. Em jogada pelo lado direito, Dudu recebeu de Marcos Rocha e cruzou. De cabeça, Hyoran completou para marcar o segundo gol e reanimar a torcida, abatida após o pênalti assinalado por Dewson.

O Palmeiras ampliou sua vantagem aos 20 minutos do segundo tempo, quando o árbitro viu toque de Marcelo Hermes após cruzamento rasteiro de Willian pelo lado direito. O zagueiro paraguaio Gustavo Gomez bateu e se redimiu do vacilo na etapa inicial com seu primeiro gol pelo clube alviverde.

O segundo tempo da partida disputada no Pacaembu durante a ensolarada manhã paulistana teve menos chances de gol. Com uma vantagem segura no marcador, o Palmeiras soube como controlar a partida e o goleiro Fernando Prass praticamente não teve trabalho.

Com compromissos pelas quartas de final da Copa Libertadores no meio de semana, Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes fizeram suas três alterações. Festejado pela torcida, o Palmeiras procurou valorizar a posse de bola e completou a 12º partida seguida sem derrota no Campeonato Brasileiro.

(Créditos: Gazeta Esportiva)